sexta-feira, agosto 24, 2007

Artista

3 comentários:

Ana disse...

Um artista que faz da vida, o seu palco.

mariazinha disse...

Parece mesmo uma versão de rua do Cid!
Deixam-me sempre triste, os sons destes acordeões de rua... não sei bem porquê.
Beijo

Sha disse...

Toco (por carolice, de ouvido, nunca estudei música a sério) uns acordes numa mão cheia de instrumentos.

Tal como o piano de brincar, a flauta, o orgão eléctrico, a harmónica, o xilofone, a viola... foi-me também oferecido pelo meu pai um pequeno acordeão.
E sempre foi o mais difícil de tocar!

Se calhar por isso, sempre que nos cruzávamos com um Artista como este, era inevitável: ficava parada a seguir-lhe os dedos!

E sabes, hoje em dia, sempre que circulo pela baixa da nossa Invicta e ouço esse som inconfundível, sinto-me uma menina pequenina de novo...

Um beijinho e um óptimo fdsemana!
Sha